quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

O ano termina...

A matéria abaixo foi publicada originalmente no ClickFoz - O portal de notícias da Terra das Cataratas. Nada melhor do que finalizar o ano com boas promessas. Promessas de muitas emoções no esporte em Foz do Iguaçu! E não nos esqueçamos que 2010 também será ano de Copa do Mundo! O evento mais aguardado pelos fãs de futebol a cada quatro anos! Feliz Ano Novo. Continuarei firme e forte com o blog MZ Esporte. Porque aqui, o jornalismo esportivo é passado a limpo! Bom, pelo menos a gente tenta...



Principais eventos esportivos que acontecem em Foz do Iguaçu em 2010
Chave Ouro e Prata do Paranaense, Liga Nacional de Futsal, Copa América, todos esses do Futsal, além da Divisão de Acesso no futebol
por: Click Foz do Iguaçu - Bruno Zanette
O ano de 2010 promete ser bastante movimentado em Foz do Iguaçu. Pelo menos no setor esportivo. A cidade terá, no mínimo, cinco grandes competições para a temporada que vem por aí. São elas: Chave Ouro e Chave Prata do Futsal Paranaense; Liga Nacional de Futsal, Divisão de Acesso do Campeonato Paranaense de Futebol e Copa América de Futsal.


Dois times de futsal representarão a Terra das Cataratas nos torneios estaduais. Na elite do estado, o Foz Adeafi, que em 2009 chegou às quartas-de-final, sendo eliminado pelo Cascavel, tem sua vaga garantida. O que não está mais garantido é o apoio que recebia da Secretaria de Esporte e Lazer de Foz do Iguaçu. A partir do próximo ano, a prefeitura passará a apoiar com mais intensidade um velho conhecido da torcida iguaçuense. O Foz Futsal, tricampeão paranaense nos anos de 1996, 97 e 01.


O time voltará à ativa, mas deverá retornar ao estadual pela Chave Prata. O time ainda disputará a Liga Nacional, torneio de clubes mais importante do país e cuja a participação se dá através de patrocínio. Esse patrocínio virá da Penalty, que fornecerá material esportivo, e a Eletrobrás. Será uma parceria com o Clube de Regatas Vasco da Gama, do Rio de Janeiro. A equipe de futsal carioca terá uma espécie de filial em Foz do Iguaçu, sendo que os dois primeiros uniformes do clube iguaçuense serão das mesmas cores do Vasco. Apenas o terceiro uniforme será das cores tradicionais do Foz Futsal, o verde e o branco, assim como o Foz Adeafi.


Copa América de Futsal – De 23 a 30 de Maio (antes da Copa do Mundo de futebol) acontecerá em Foz do Iguaçu a Copa América de Futsal. Os dez principais países do continente sul-americano estarão concentrados na cidade paranaense. Países como Brasil, Argentina, Paraguai, Chile, Uruguai, Venezuela, Equador, Peru, Bolívia e Colômiba. Os jogos acontecerão no ginásio de esportes do Costa Cavalcanti e serão transmitidos todos ao vivo pelas principais emissoras de televisão do Brasil.



Seleção brasileira de Futsal estará na Terra das Cataratas em maio

Foz do Iguaçu superou cidades como Fortaleza/CE e Santiago, no Chile, para ser eleita como sede da Copa América. Falcão, atleta da seleção brasileira e eleito por duas vezes pela FIFA como melhor jogador de futsal do mundo, estará presente. Em 20 disputas de Copa América, o Brasil ficou com o título em 18 oportunidades. Argentina e Paraguai venceram uma vez cada.


Divisão de Acesso – Foi rápida a passagem do Foz do Iguaçu Futebol Clube à Primeira Divisão do Campeonato Paranaense em 2009. Durou apenas 14 partidas e logo foi rebaixado. Em 2010, o time tentará dar a volta por cima.

Após a frustrante empreitada da dupla Arif Osman e Loiri Dalla Corte, em tentar antecipar o retorno ainda em 2009, com a equipe do Amerius (AFA), os dirigentes focam agora suas atenções novamente ao clube de maior popularidade entre os torcedores iguaçuenses.


A Divisão de Acesso (Segunda Divisão do futebol estadual) deverá começar apenas no dia 02 de Maio. Ao que parece, tempo não será problema para montar uma boa equipe, mas se dependesse da vontade de Arif, diretor-financeiro do Foz FC, o torneio começaria bem antes. “Ainda não está definida a data, mas ao que parece, ela será mesmo em 02 de Maio. Isso não é bom para nós, pois o campeonato terá que parar durante a Copa do Mundo, que começa em junho, mas os salários continuarão sendo pagos”, explica o diretor.






No último dia 14, ocorreu em Curitiba o Pré-Arbitral da Divisão de Acesso. Nele, ficou decidido que a fórmula de disputa será a mesma da edição de 2009, em respeito ao Estatuto do Torcedor. Além disso, os clubes terão até 15 de Janeiro para quitarem suas dívidas junto à tesouraria da Federação Paranaense de Futebol (FPF). Existe a possibilidade de 13 equipes participarem da Divisão de Acesso em 2010. São elas: Foz do Iguaçu (rebaixado), Iguaçu (rebaixado) e Londrina (rebaixado); Pato Branco (campeão da série C) e Cascavel (vice-campeão da série C); Sport Campo Mourão, Arapongas, Portuguesa Londrinense, AFA de Umuarama, Francisco Beltrão, São José, Roma de Apucarana e Galo Maringá.



Um dos possíveis nomes para comandar o Foz do Iguaçu Futebol é Claudemir Sturion. Sturion já teve duas passagens pelo “Azulão da Fronteira”, sem muito sucesso. A primeira delas foi na Divisão de Acesso de 2007. Passou mais da metade do campeonato suspenso, por ofensas aos árbitros. Naquela ocasião, o Foz FC não conseguiu a vaga à Primeira Divisão. Sturion retornou em 2008, para as disputas da Copa Paraná. Após deixar o título do primeiro turno escapar em duas oportunidades (no empate em 1 a 1 com o Cianorte em Foz e derrota por 3 a 2 para o Londrina em Londrina), a diretoria perdeu a paciência. Após a derrota por 2 a 1 para o Nacional de Rolândia, Claudemir Sturion foi demitido.

Portanto, eventos não faltarão para o torcedor prestigiar em Foz do Iguaçu no ano de 2010. Para quem não puder acompanhar nos ginásios e estádios da cidade, não se preocupem. O ClickFoz fará uma ampla cobertura dos times da Terra das Cataratas!

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

O retorno de Schumacher

Michael Schumacher encerra sua aposentadoria


Fim do mistério. A Mercedes, montadora que comprou a Brawn GP e montousua própria equipe para 2010, anunciou o que todos aguardavam: a contratação do piloto alemão e sete vezes campeão mundial de F-1, Michael Schumacher.


Schumacher retorna após três anos de aposentadoria. Sua última corrida foi disputada no GP do Brasil de 2006, última etapa daquela temporada, cujo título ficou com o espanhol Fernando Alonso. O veterano piloto terá como companheiro no ano que vem o também alemão Nico Rosberg.


A Ferrari tentou antecipar o retorno de Schumacher às pistas, ainda na temporada 2009. Após o acidente de Felipe Massa na Hungria, o piloto alemão, que atuava como embaixador da equipe italiana, chegou a treinar com um F2007, já que não poderia treinar com o modelo deste ano. No entanto, as fortes dores no pescoço, causadas por um acidente de moto, o impediram de substituir Massa. Com a contratação de Fernando Alonso no time de Maranello, dificultaram ainda mais as chances de Schumacher retornar.


O presidente ferrarista, Luca di Montezemolo liberou o heptacampeão para assinar contrato com a equipe alemã. Especula-se que Schumacher ganhará algo em torno de R$ 17 milhões anuais. Seu contrato será de três anos.


Mais do que isso, poderá recuperar o prazer em poder pilotar; prazer esse que jamais deverá ter perdido. O que motiva um piloto é o desafio. Ross Brawn, chefe de equipe que esteve ao lado de Michael em suas principais conquistas, poderá dar um carro competitivo ao seu pupilo e isso, aumentará as expectativas dos torcedores, quanto à abertura da temporada 2010, no GP do Bahrein, em 14 de Março. Todos querendo saber se o piloto que estará no carro prateado, será mais um no grid, ou continuará sendo o bom e velho Schumacher.
Foto: Getty Images

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Como uma carreira vira pó

Tão jovem, talentoso, tinha tudo para ter uma carreira brilhante no futebol. Pode ter colocado um ponto final numa história que mal havia começado. A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) divulgou nesta sexta-feira, em nota oficial, que traços de cocaína foram apontados na urina do jogador Jobson, do Botafogo, após a vitória por 2 a 1 sobre o Palmeiras, no estádio do Engenhão, no dia 06 de Dezembro, última rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado é o mesmo obtido após o primeiro exame antidoping realizado no dia 8 de novembro, após o jogo contra o Coritiba.


Esse laudo é definitivo, porque não será realizada contraprova. O Botafogo não solicitou um novo exame, segundo informou a CBF. "Por esta razão, a amostra A 25870 (código do exame) é considerada como válida para fins de avaliação e julgamento", diz a entidade em seu comunicado.


Com isso, a carreira do jogador de 21 anos está seriamente ameaçada. As leis mundiais antidoping preveem que o atleta seja banido do esporte se for condenado por duas vezes, por uso de substância proibida. O julgamento de Jobson pela partida contra o Coritiba só acontecerá em 2010.


Ele foi suspenso preventivamente por 30 dias nesta quinta-feira pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O Brasiliense/DF, clube que detém os direitos federativos do atleta, já prepara sua defesa. Já o Botafogo, prontifica-se a tomar a atitude que parece ser a mais sensata no momento, ajudar o jogador com um tratamento caso seja (e ao que parece será) necessário.


Bani-lo ou não do esporte não irá resolver o problema, que vai além da esfera esportiva. Trata-se da vida. Esse atleta passa por um problema enfrentado por milhares de jovens em todo o Brasil, a dependência química. Ele até poderá parar de jogar futebol e seguir outra profissão, mas isso não o impedirá de voltar a consumir cocaína. Está na hora da sociedade deixar de ser hipócrita.


Isso também serve aos veículos de comunicação, que parece se limitarem apenas a noticiar o fato de o atleta ser julgado. É preciso ir além disso. Abrir as portas para uma luta na tentativa de prevenir que outros jovens cometam o mesmo erro que Jobson cometeu, e que certamente o deixou arrependido.


Eu, se fosse ele, ficaria. Afinal, o caso o impediu que assinasse um contrato de R$ 4,5 milhões com o Cruzeiro de Minas Gerais, o que provocaria um aumento salarial de 100%. Mas para que esse arrependimento não se torne depressão, é necessário tratá-lo desde já.

Cesar Cielo superando barreiras aquáticas

O que você faria em 20s91? Difícil imaginar alguma atitude em tão pouco espaço de tempo. O nadador brasileiro, Cesar Cielo, conseguiu. Esse é o tempo do novo recorde mundial da prova dos 50m nado livre. O tempo é três décimos menor que o do francês Frédérick Bousquet, ex-detentor da melhor marca do planeta.


Cielo conseguiu também outra façanha. Passa a ser agora o único nadador da história a conseguir os recordes mundiais em duas modalidades: 100 e 50m. Além disso, também é campeão mundial nas duas provas. Sem contar a conquista da medalha de ouro nos 50m nas Olimpíadas de Pequim, em 2008.


O Torneio Open de Natação, disputado nas piscinas de Pinheiros, em São Paulo, foi a última competição de Cesar Cielo em 2009 e a última com a utilização dos supermaiôs, aqueles completamente colados ao corpo e que dão maior agilidade aos atletas. De acordo com as novas regras mundiais da natação, os supermaiôs não poderão mais ser utilizados. Também, nem precisariam. Os resultados que mais alegraram o Brasil, eles já vieram com o esforço de Cielo.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Brasil cai no grupo dos EUA no Mundial de Basquete

Um grupo do Mundial de Basquete que contenha os Estados Unidos, nunca pode ser considerado fácil. É desta maneira que a seleção masculina brasileira deverá encarar sua chave no torneio que começa na Turquia em 28 de agosto e termina em 12 de setembro. O grupo B, que foi sorteado nesta terça-feira (15) em Istambu tem além dessas duas seleções, a presença da Eslovênia, Croácia, Irã e Tunísia.


O Mundial possui quatro grupos, com seis países cada. Em cada grupo, classificam quatro equipes. No Grupo A tem Argentina, Sérvia, Alemanha, Austrália, Angola e Jordânia. No C, a anfitriã Turquia, além da Grécia, Porto Rico, Rússia, China e Costa do Marfim. E por fim, no grupo D, a presença de Espanha, França, Canadá, Lituânia, Nova Zelândia e Líbano.


Assim como em 2006, o campeão tem vaga direta à próxima Olimpíada, agora em Londres-2012. O Brasil quer apagar a péssima imagem deixada pela participação no último Mundial, quando terminou apenas na 19ª posição. No entanto, naquela ocasião a seleção brasileira não pôde contar com seus principais jogadores que atuam na NBA, como é o caso de Leandrinho, Anderson Varejão e Nenê. Desta vez a situação será diferente e por isso, as esperanças do time brasileiro aumentam. Caso o treinador espanhol Moncho Monsalve permaneça no comando, essas esperanças duplicam, pois ele já conhece bem o grupo que treina.

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Mais um brasileiro na F-1

Lucas Di Grassi será o 4º piloto brasileiro na F-1 em 2010



O brasileiro Lucas Di Grassi será piloto da nova equipe Virgin/Manor, na temporada 2010 da Fórmula-1. Ele, que fora piloto de testes da Renault, resolveu deligar seus laços com a equipe francesa e correrá ao lado do alemão Timo Glock. O anúncio oficial deverá ocorrer na próxima terça-feira (15). A informação é do site Grande Prêmio.


Di Grassi, que sempre esteve perto de correr pela Renault, ainda nos tempos de Nelsinho Piquet, será patrocinado pela empresa Unielever, a qual está 80 anos no Brasil. O valor do patrocínio não foi divulgado. A Virgin/Manor usará motores Cosworth.


Com isso, o número de pilotos brasileiros no grid de largada no ano que vem sobe para quatro. O país será representado por Felipe Massa na Ferrari, Rubens Barrichello na Williams, Bruno Senna na Campos Dallara e agora Lucas Di Grassi na Manor. Ao todo, serão 13 equipes, totalizando 26 pilotos.


Mudança na pontuação - Em virtude do aumento do número de participantes, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) estuda mudar a fórmula de pontuação nas corridas. A ideia é fazer com que o vencedor passe a somar 25 pontos, e não mais os 10 atuais.


Além disso, os dez primeiros colocados passariam a pontuar; hoje são apenas os oito primeiros. Caso haja a mudança, a pontuação por etapa ficaria assim: 1º) 25 pontos; 2º) 20; 3º) 15; 4º) 10; 5º) 8; 6º) 6; 7º) 5; 8º) 3; 9º) 2 e 10º) 1.


Seria a primeira mudança na pontuação, desde 2003, quando a FIA aumentou a pontuação e o sétimo e oitavo colocado passaram também a pontuar. Acredito que com essa alteração, poderemos ter uma disputa maior, mais pilotos teriam chances de brigar pelo título, mas também, um piloto que souber utilizar esse artifício, poderia disparar na liderança do campeonato. Quem sabe? Até o momento não há nada concreto, o ideal é aguardarmos por novas informações.
Foto: Agência EFE

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Citação inesperada

Esta segunda tive uma grata surpresa via Twitter, o microblog que está virando mania nacional. Como um apaixonado pelo esporte que sou, não é de se estranhar que sigo os principais veículos especializados no assunto. Entre eles, o site que considero um dos mais completos no ramo, o Globo Esporte.com (@globoesportecom).


Recebi uma mensagem direta deles, dizendo que eu havia sido citado em uma matéria. Confesso que na primeira vez que li, não havia prestado muita atenção. No entanto, após receber a mensagem, cliquei no link da matéria novamente e aí vi a surpresa.


O texto falava sobre a mobilização de torcedores rubro-negros via Twitter, após a conquista do Brasileirão. Por isso minha surpresa foi ainda maior, pois o máximo que fiz, foi escrever a matéria para o site onde trabalho, o ClickFoz e retwittei a matéria com o seguinte comentário: "Título merecido!" e ao lado, coloquei o link do texto. Para vocês entenderem melhor, foi mais ou menos assim.


Posso dizer que tive meus cinco minutos de fama, mas não pretendo transformar isso em uma constante. Como estudante de jornalismo, é muito melhor, em todos os sentidos, estar atrás dos holofotes, não à frente deles.

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

A humildade de Andrade fez a diferença neste Brasileiro

Andrade: a postura de um treinador em ascenção


Andrade assumiu interinamente o comando técnico do Flamengo após a 13ª rodada, com a demissão do técnico Cuca, que depois foi para o Fluminense e conseguiu uma recuperação heróica no time das Laranjeiras, livrando-o do rebaixamento. Na ocasião, o Flamengo ocupava a 11ª posição, com 17 pontos. 25 rodadas depois, o time rubro-negro terminou o Campeonato Brasileiro como campeão, tendo conquistado 50 pontos a mais, fechando em 67, dois a mais que o segundo e terceiro colocado, Internacional e São Paulo, respectivamente.



Jorge Luis Andrade da Silva só foi efetivado como treinador flamenguista na terceira partida após a queda de Cuca. Antes vencera as outras duas, contra o Santos por 2 a 1 (no jogo de número mil do Flamengo em Campeonatos Brasileiros), quebrando um tabu de vitórias na Vila Belmiro em nacionais e contra o Atlético-MG, no Maracanã, por 3 a 1. Na estreia como treinador de fato, não foi bem e apenas empatou em casa com o Náutico por 1 a 1.



Andrade já é, há muito tempo, funcionário da casa. Marcou sua carreira como jogador de futebol atuando com a camisa rubro-negra na década de 80, jogando ao lado de craques como Zico e Júnior, conquistando quatro Brasileiros como jogador do Flamengo e um com o Vasco da Gama. Por muitos anos foi auxiliar-técnico flamenguista e desde 2004 já assumiu o comando do clube por sete vezes, sendo cinco como interino. Livrou a equipe do rebaixamento naquele ano. Seu jeito humilde cativou a grande maioria de torcedores, mas não o livrou de algumas atitudes racistas, vindas de membros da própria diretoria.



Segundo reportagem publicada pelo jornal Folha de SP neste domingo (6), Andrade por pouco não foi efetivado no cargo em 2004, mostrando que a vontade de tê-lo como treinador não é de hoje. Mas, de acordo com a matéria, Junior, que na época era gerente de futebol, ouviu alguns comentários de dirigentes do clube, os quais afirmavam que além da inexperiência no cargo, diziam ser um "negro sem boa dicção".



A conquista de Andrade - foi o primeiro treinador negro a conquistar o Campeonato Brasileiro - certamente abrirá portas para uma nova geração de treinadores que não estamos acostumados a ver no cenário futebolístico. Por mais absurdo que isso possa parecer, já que o Brasil é o país com maior número de afrodescendentes da América Latina.



Segundo o pesquisador Luciano Cerqueira, coordenador da campanha "Mande um cartão vermelho para o racismo no futebol" e entrevistado pela reportagem da Folha, o mesmo pensamento da sociedade, reina também no futebol. "O negro pode ocupar determinados espaços, mas não outros. Pode jogar, estar na comissão técnica, mas não ser o comandante, o cara que tem as ideias", afirma Cerqueira na entrevista.



Andrade pretende, com seu título, dar mais oportunidades a ex-jogadores de futebol serem treinadores. Sereno e de atitudes passivas, pouco se vê o treinador gesticular à beira do gramado, ou gritando, dando alguma orientação. Mesmo assim, o time o obedece e reproduz aquilo que fora treinado durante a semana. Interferiu no esquema tático com três zagueiros que a equipe vinha mantendo desde 2007. Deu maior posicionamento a determinados jogadores e soube aproveitar o que cada um tinha de melhor a oferecer. Foi assim que de desacreditado, Adriano se tornou artilheiro da competição com 19 gols, ao lado de Diego Tardelli do Atlético-MG. O sérvio Petkovic passou a jogar como nunca, lembrando as atuações de sua primeira passagem pelo time da Gávea.



E foi assim, ao melhor estilo mineiro, "comendo pelas beiradas", que o treinador de 52 anos conquistou o Brasil e sonha agora com voos mais altos. O mercado passou a olhá-lo com outros olhos, e caso o Flamengo não renove rapidamente seu contrato, outros times poderão fazer propostas. É um treinador da nova geração, o qual demorou a ter seu devido reconhecimento, mas agora, basta saber aprovetá-lo para colher bons frutos na carreira.
Foto: Agência Estadual de Notícias do RJ

Festa e briga: os extremos do Brasileirão 2009

Quem pensava que o Grêmio faria corpo mole diante do Flamengo, apenas para prejudicar o maior rival Internacional, enganou-se. O que se viu no estádio do Maracanã na tarde deste domingo, foi um tricolor gaúcho bastante aguerrido, apesar de estar atuando com mais da metade do time formado por reservas.


O Flamengo soube conter a ansiedade e mesmo saindo atrás no placar, conseguiu se impor e virou com os zagueiros David e Ronaldo Angelim. Ele, que por pouco encerrou a carreira no começo do ano, devido à uma grave lesão, como uma fênix retornou das cinzas e se tornou o herói rubro-negro na vitória por 2 a 1.


Em Porto Alegre, o Inter fazia sua parte e vencia o Santo André por 4 a 1. Mas com a vitória flamenguista, de nada adiantou. O Flamengo terminou o campeonato em primeiro, com 67 pontos, dois a mais que o Inter e São Paulo, terceiro colocado.


O Palmeiras perdeu por 2 a 1 para o ameaçado Botafogo e, com a vitória do Cruzeiro pelo mesmo placar sobre o Santos, o Porco ficou de fora do G-4 e não disputará a Libertadores em 2010. A Raposa, vice-campeã em 2009, volta ao torneio continental.


Em Curitiba, cenas lamentáveis de violência após o empate em 1 a 1 entre Coritiba e Fluminense. Como o Botafogo venceu seu jogo, o empate rebaixou a equipe paranaense. Torcedores inconformados com o rebaixamento, invadiram o campo e agrediram o trio de arbitragem. A Polícia Militar tentou impedir, e também foi alvo de ataques.


Objetos como o banco de reservas, além de paus e ferros, foram usados como armas pelos vândalos. O saldo da confusão foi 17 feridos, sendo três policiais e 14 torcedores. Mesmo desmaiado em campo, um policial seguiu sendo agredido, enquanto seus colegas tentavam protegê-lo.


Uma séria punição deverá ser dada ao Coritiba pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Ela poderá ser perda de mando de campo, ou até suspensão de um ano de competições oficiais organizadas pela CBF. É o preço que o clube deverá pagar pela atitude irresponsável de algumas pessoas que se dizem torcedores. Torcedor que é torcedor, lamenta a queda do time com choro, muito choro. Não quebrando tudo o que vê pela frente. Mesmo esta sendo a segunda queda, em quatro anos...

sábado, 5 de dezembro de 2009

Por W.O, Campo Mourão conquista o título paranaense de basquete

Campo Mourão foi campeão paranaense de Basquete nesta sexta-feira. A equipe mourãoense garantiu o título sem precisar entrar em quadra. Isso porque o Maringá não compareceu ao ginásio JK, e perdeu por W.O.


O motivo da ausência na partida foi a indignação dos diretores maringaenses pela escolha da final (em jogo único) ter sido escolhida através de um sorteio e o vencedor foi Campo Mourão. Para a comissão técnica de Maringá, a final deveria ser disputada na cidade da equipe que tivesse melhor campanha que o adversário nas fases anteriores, no caso, Maringá. O treinador do time do noroeste do estado, João Saulo da Silva, não concordava com as mudanças do regulamento da competição.


"A princípio a decisão seria quinta-feira (3) em Maringá, mas resolveram fazer um sorteio e não concordamos com isso. Ainda vamos discutir o assunto, mas possivelmente não disputaremos a final”, destacava João Saulo, antes do fato realmente ocorrer. Uma reunião para discutir o assunto estava marcada para acontecer junto à Federação Paranaense de Basketeball (FPRB) na noite de quinta, mas ela não ocorreu.


Para o diretor técnico da FPRB, Romildo Andrade Fagundes, as mudanças ocorreram devido à desistência de algumas equipes do torneio, como foi o caso do Londrina. No entanto, todas as alterações foram discutidas com as demais equipes do campeonato.


O Campo Mourão, que teve nada a ver com isso, festeja o título e agora ganha o direito de participar do Sulbrasileiro de clubes, organizado pela Confederação Brasileira de Basketeball (CBB). É o primeiro time a garantir vaga para a edição de 2010.

Grupos formados, a Copa 2010 começará pra valer




Foram sorteados ontem, na Cidade do Cabo, na África do Sul, os grupos para a Copa do Mundo de 2010. 32 seleções divididas em oito chaves, com quatro equipes cada. Alguns grupos são equilibrados, difíceis, outros nem tanto. Vamos analisar então, cada uma das chaves:


Grupo A (África do Sul, México, Uruguai e França) - O adversário que todos temiam pelo fato de não ser cabeça de chave, caiu no grupo do país-sede. Trata-se da França. A África do Sul, comandada pelo técnico brasileiro Carlos Alberto Parreira, deverá passar por dificuldades logo na estreia, contra o México. Quem vencer esta partida de abertura do torneio mundial, entra na briga por uma vaga, que antes da bola rolar, parece ser certa de uruguaios e franceses. Mas o futebol tem surpresas, e numa dessas, muita gente poderá se surpreender.


Grupo B (Argentina, Nigéria, Coreia do Sul e Grécia) - Os argentinos caíram em um grupo muito parecido com o que disputaram em 1994, na Copa dos EUA. Na ocasião, apenas a Coreia do Sul não fazia parte; ao invés disso, a Bulgária estava lá. Assim como em 2002, a Argentina estreia contra a Nigéria. Por último, enfrentam os gregos, campeões europeus em 2004. Acredito que uma das vagas às oitavas, já é da Argentina. Nigéria e Grécia brigarão pela outra, enquanto os sul-coreanos correm por fora.


Grupo C (Inglaterra, EUA, Argélia e Eslovênia) - Uma rivalidade, iniciada na Copa de 1950, disputada no Brasil, voltará acontecer em 2010. Inglaterra e EUA, um confronto histórico dentro e fora de campo. Serão, justamente, os dois países que deverão se classificar nessa chave. Argélia e Eslovênia? Terão que suar muito a camisa se quiserem continuar no torneio.


Grupo D (Alemanha, Austrália, Sérvia e Gana) - Ao contrário de 2006, o país africano Gana, poderá cair mais cedo na Copa. Em um grupo que tem a franca favorita Alemanha, e o futebol em ascenção da Austrália, será difícil os ganenses conquistarem uma vaga. Terão que jogar tudo o que sabem e o que não sabem contra Austrália e Sérvia. E aí, o que vier contra a Alemanha será lucro.


Grupo E (Holanda, Dinamarca, Japão e Camarões) - É, sem dúvidas, a chave mais equilibrada da Copa. Não dá para prever quem se classificará. Espera-se muito da Holanda, por tudo que mostrou nas eliminatórias, sendo o primeiro país classificado entre todos os continentes. Agora os outros três, será osso duro de roer.


Grupo F (Itália, Paraguai, Nova Zelândia e Eslováquia) - Se por um lado para o Paraguai cair em um grupo junto com a Itália foi difícil de aceitar, por outro, os outros adversários - Nova Zelândia e Eslováquia, não parecem ser tão complicados para os paraguaios baterem. Já tenho meus dois candidatos à vaga: Itália e Paraguai.


Grupo G (Brasil, Coreia do Norte, Costa do Marfim e Portugal) - Apesar da Coreia do Norte ser um país/seleção pouco conhecido(a), não deverá mostrar grandes dificuldades aos brasileiros. A Costa do Marfim é considerada a melhor seleção africana. E Portugal, não tem mais o comando de Felipão, mas continua com Cristiano Ronaldo e os demais bons jogadores portugueses. Uma vitória na estreia e depois contra os marfinenses, encaminha a classificação. Depois, na minha opinião, briga pela liderança do grupo contra Portugal.


Grupo H (Espanha, Suíça, Honduras e Chile) - Em um grupo onde a língua espanhola predomina, a Espanha é favorita absoluta para vencer as três partidas. A segunda vaga ficará entre suíços, que foram eliminados em 2006 sem sofrerem gols, e Chile. Honduras não deverá causar grandes dificuldades.


Portanto, é isso. Os grupos estão formados e os duelos já marcados. Dia 11 de junho a bola começa a rolar no continente africano e saberemos, enfim, qual seleção será, de fato, a melhor do mundo.

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Ficou tudo para a última rodada...

Ficou tudo para se decidir na última rodada do Brasileirão 2009. Título e rebaixamento, dois opostos que irão se enfrentar no próximo domingo (06) por vários estádios pelo país.


O Flamengo venceu o Corinthians em Campinas por 2 x 0 e, com a derrota do São Paulo para o Goiás por 4 x 2, assumiu pela primeira vez a liderança da competição, com 64 pontos, dois a mais que o tricolor paulista. Pontos corridos é isso. Não importa se você liderar o campeonato inteiro; o que vale é quem estiver em primeiro após a 38ª rodada e no momento, é o time rubro-negro quem está na frente.


De líder, os são-paulinos caíram para quarto lugar. Palmeiras e Internacional passaram à frente. O time colorado foi até Recife/PE e bateu de virada o já rebaixado Sport (2 a 1). E o Palmeiras parece ter colocado a cabeça no lugar e venceu o Atlético-MG por 3 a 1. Gaúchos e paulistas possuem os mesmos 62 pontos que o São Paulo, mas levam vantagem nos critérios de desempates.


Por ironia do destino, a última rodada terá o Flamengo enfrentando o Grêmio, maior adversário do Inter. Os colorados terão que vencer o quase rebaixado Santo André no Beira-Rio e (pasmem!) torcer pelo arquirrival vencer o time carioca. Só assim o Internacional ficaria com a taça. O Flamengo depende só dele para ser campeão.


Na parte de baixo da tabela, o Fluminense goleou o Vitória por 4 a 0 e após 27 rodadas saiu da zona da degola. Agora é o 15º, com 45 pontos. O Atlético-PR venceu o Botafogo por 2 a 0 e se manteve na elite do futebol nacional para o próximo ano. Já a equipe da estrela solitária foi para o grupo dos desesperados, e em 17º com 44 pontos, precisará vencer o Palmeiras no Engenhão para escapar da queda. E na última rodada, talvez o jogo mais importante depois daqueles que decidem o título. Coritiba e Fluminense irão se enfrentar no Couto Pereira, na capital paranaense. O time comandado por Ney Franco perdeu de virada para o Cruzeiro por 4 a 1 no Mineirão e agora corre risco também, de ser rebaixado - está em 16º, também com 44 pontos.


Por falar em rebaixamento, o Náutico se juntou ao rival de Pernambuco, o Sport, e foi a segunda equipe rebaixada para a Série B de 2010. A goleada de 5 a 3 para o Santo André foi o ponto crucial da queda e deu um pingo de esperança ao time de Marcelinho Carioca. Mas é muito difícil. Pegará na última rodada o Inter, que luta pelo título, no Beira-Rio e com 41 pontos, precisará de uma improvável combinação de resultados para fugir da queda.


Esse é o Campeonato Brasileiro. Emoção na parte de cima e de baixo da tabela.

sábado, 28 de novembro de 2009

Foz do Iguaçu receberá a Copa América de Futsal

Foz do Iguaçu será palco da Copa América de Futsal. O torneio de seleções mais importante do continente será disputado na Terra das Cataratas entre os dias 23 e 30 de maio de 2010 e servirá como classificatório à Copa do Mundo FIFA de 2012.
O anúncio oficial por Foz do Iguaçu, que desbancou cidades como Fortaleza (CE) e Santiago, no Chile, foi feito na noite da última quinta-feira, pelo presidente da Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), Nicolás Leof, em Assunção, no Paraguai, sede da entidade.
As principais emissoras de televisão do país estarão reunidas no ginásio Costa Cavalcanti - local onde serão realizados os jogos -, cobrindo o evento para toda América do Sul. Será muito bom para cidade, poder ganhar ainda mais destaque no cenário nacional, como uma das principais potências no setor turístico brasileiro. É uma boa oportunidade também para fortalecer o projeto que a cidade tem de ser uma das sub-sedes da Copa 2014, firmando laços com Curitiba.
Dez países do continente deverão participar. Além do Brasil, seleções da Argentina, Paraguai, Uruguai, Chile, Colômbia, Equador, Bolívia, Venezuela e Peru estão confirmadas no evento. Em 20 edições da Copa América de Futsal, o Brasil venceu 18. Argentina e Paraguai venceram uma vez cada. O astro e melhor jogador mundo, segundo a FIFA, Falcão, voltará a pisar em solo iguaçuense, após sua passagem no começo de 2008, quando veio na apresentação do jogador Anderson Andrade, ídolo da torcida do Foz ADEAFI.
Ainda Futsal - O retorno do Foz Futsal está cada vez mais próximo! A Secretaria de Esportes e Lazer do município está acertando os últimos detalhes da parceria com o Vasco da Gama. O time deverá ter os dois primeiros uniformes com as cores do clube carioca, e o terceiro terá a cor verde, tradicional na cidade.
A equipe que ainda não tem um treinador - previsto para ser anunciado nos próximos dias - disputará em 2010 a Liga Nacional e a Série Prata do Campeonato Paranaense de Futsal. O Foz Adeafi, ao que parece, sem poder contar mais com o apoio da prefeitura, provavelmente fechará as portas, após três anos, um título da Série Prata e duas boas campanhas na Série Ouro, chegando à semifinal em 2008 (sendo eliminado pelo Umuarama após três empates) e em 2009 chegou às Quartas-de-Final, perdendo para o Cascavel.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

LDU com uma mão e nove dedos na taça da Sul-Americana


Méndez "comeu" a bola e foi o grande nome da partida


O Fluminense não esperava fazer o gol em menos de 30 segundos. Nem a LDU esperava tomá-lo. Talvez por isso o time equatoriano nem sentiu o tento adversário. Logo passou a tomar conta do jogo e apoiado pela torcida, o empate era questão de tempo.


Regra número 1 quando se vai jogar na altitude: não corra atrás da bola, mas sim, faça-a rolar. Não foi isso que os comandados do técnico Cuca fizeram. Errando muitos passes, os jogadores tricolores deram condições aos equatorianos gostarem da partida. Os gandulas também ajudavam. Rapidamente colocavam a bola em jogo nas cobranças de falta da Liga Deportiva Universitaria (LDU). Não cabe aos comentaristas brasileiros reclamarem, pois no jogo Botafogo 3 x 2 São Paulo no Engenhão pelo Campeonato Brasileiro, a atitude dos gandulas cariocas foi a mesma.


Méndez foi o grande nome do primeiro jogo da decisão. Marcou os três primeiros da goleada por 5 a 1. Na partida de volta da semifinal, contra o River Plate do Uruguai, foi 7 a 0. 12 gols em dois jogos na Sul-Americana não é pouca coisa. Mesmo para quem joga em casa e está acostumado com a altidude de 2.500 metros. Mais do que uma derrota, o Fluminense viu cair uma série de 13 jogos invictos, contando com partidas do Brasileirão. Eram oito vitórias seguidas até a noite de ontem. Jogador não costuma jogar a toalha facilmente. A missão é difícil, mas não impossível, porém os pés no chão são necessários. Fazer quatro gols para tentar levar à prorrogação e, quem sabe, aos pênaltis será uma árdua tarefa. O time da LDU é muito bom, melhor do que aquele campeão da Libertadores em 2008. Talvez até melhor que o Fluminense. O Clube das Laranjeiras deverá agora se preocupar apenas em fugir do rebaixamento no Brasileirão. Depende apenas de si para isso. Se vencer o Vitória no Maracanã no domingo, às 17h, escapará, pois Atlético-PR e Botafogo se enfrentam na Arena. Qualquer que seja o resultado, beneficiará o time de Cuca, em caso de vitória.


A decisão do segundo torneio de maior importância no continente ainda não terminou. No entanto, ao que parece, o Fluminense conseguirá a façanha de perder o título de duas competições diferentes para o mesmo adversário em um espaço de pouco mais de um ano. Não lembro de ter visto algo parecido em 20 anos que acompanho futebol. Tá bom, um pouco menos, afinal, não vejo futebol desde que nasci, mas desde os 10, 11 ou 12 anos, com certeza. E o fato é inédito para mim.
Foto: Agência Reuters

domingo, 22 de novembro de 2009

Burti vence a 1ª e Cacá Bueno é tricampeão na Stock Car

A primeira vitória de Luciano Burti na Stock Car foi ofuscada pela conquista do terceiro título de Cacá Bueno. Neste domingo, no circuito de Viamão, em Tarumã, na região metropolitana de Porto Alegre, o piloto da equipe RBR-WA Mattheis chegou na quarta posição e com os abandonos de Ricardo Maurício e Thiago Camilo, foram mais que suficientes para a conquista do título. O piloto carioca abriu 34 pontos para o segundo colocado, agora Allan Khodair. Cacá tem agora 286, contra 252 e apenas 28 pontos estarão em jogo na última etapa da temporada, em Interlagos, no dia 6 de dezembro.


A corrida -
Na largada, Ricardo, que largou em terceiro, ultrapassou o companheiro de Cacá, Daniel Serra, que estava em segundo. A direção de prova alegou que Ricardo Maurício efetuou a ultrapassagem antes do ponto cronometrado, algo proibido pelo regulamento. Mas antes que ele pagasse a punição, um pneu furado o tirou da corrida. Enquanto isso, Cacá seguia firme na liderança, até a primeira abertura para reabastecimento e troca de pneus.


Cacá perdeu a posição para o companheiro, Daniel Serra e depois para oi irmão, Popó Bueno. Mas foi Burti o grande beneficiado pela entrada do carro de segurança, devido a um dos vários acidentes ocorridos durante a prova. Após a parada nos boxes de Tarso Marques, Luciano Burti assumiu e não mais largou a liderança até o momento da bandeira quadriculada. Tranquilo, o filho do locutor Galvão Bueno manteve a quarta posição, para apenas comemorar no final a conquista do terceiro título em quatro anos (2006, 2007 e 2009).

Brasil, o país do Beach Soccer

O Brasil é tetracampeão da Copa do Mundo de Futebol de Areia. O quarto título consecutivo do torneio organizado pela FIFA veio neste domingo, após a goleada por 10 a 5 sobre a Suíça na final. A seleção brasileira terminou a competição de maneira invicta.


Antes de a bola rolar em Dubai, nos Emirados Árabes, país sede da competição, a maior preocupação do Brasil era com o jogador Stankovic, artilheiro suíço, com 15 gols marcados até à decisão. No entanto, o peso de ter que carregar o time de seu país nas costas deve lhe ter pesado, pois Stankovic fez uma partida aquém do que era esperado.


O terceiro lugar ficou com Portugal. Eliminados na semifinal pelo Brasil, os portugueses não deram chances ao Uruguai e venceram por 14 a 7, com a maioria dos gols de Portugal sendo marcado por Madjer.


Alguma dúvida de que caso o Beach Soccer seja implantado nas Olimpíadas do Rio 2016, conquistaremos a medalha de ouro? Claro que até lá os jogadores serão outros, no entanto, a essência de um esporte criado em terras tupiniquins será mantida...

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Mercedes volta a ter uma equipe na F-1

Novo carro manterá as tradicionais cores da Mercedes


A Brawn GP foi um raro caso na Fórmula 1 de uma equipe com 100% de aproveitamento na principal categoria do automobilismo mundial. Explica-se. Fadada à falência, a equipe – antiga Honda - fora comprada pelo inglês Ross Brawn e se tornou Brawn GP, utilizando motores Mercedes. Logo em seu primeiro ano de fundação e participação, conquistou o Mundial de Construtores e ainda teve seu piloto, Jenson Button, como o grande campeão da temporada 2009. Seu companheiro de equipe, o brasileiro Rubens Barrichello, terminou o campeonato na terceira posição.

Porém, nesta segunda-feira (16/11) foi anunciada em Frankfurt, na Alemanha, a compra da Brawn GP pela Mercedes Benz. A partir de 2010, a equipe passará a se chamar Mercedes GP e continuará sendo dirigida por Ross Brawn. A Mercedes revelou também que vendeu as ações que detinha o controle da McLaren. Mesmo assim, continuará fornecendo motores ao time inglês até 2015. Na próxima temporada, a Mercedes Grand Prix deverá ter as cores prateadas e o famoso símbolo de uma estrela com três pontas da famosa fábrica de carros alemã.

A única incerteza no momento é em relação aos pilotos. Barrichello acertou com a Willians e Button ainda não renovou seu contrato. Há fortes rumores de que o único certo seria o alemão Nico Rosberg, filho do campeão de 1982, o finlandês Keke Rosberg. Outro que poderia vir seria o também alemão Nick Heidfeld, tornando o time da montadora alemã, com pilotos alemães. Mas isso ainda não está certo, pois Ross Brawn ainda tenta um acordo com o atual campeão, Button.

No entanto, uma publicação do jornal inglês “The Guardian” e também divulgada na segunda garante que o campeão de 2009 já teria acertado com a McLaren, pelo dobro do salário que recebia na Brawn. Cerca de seis milhões de libras por ano. Algo em torno de R$ 17,2 milhões. O contrato seria de três anos e deve ser assinado ainda esta semana.

Caso a contratação se confirme, será a primeira vez, desde 1989 com Ayrton Senna e Alain Prost, que uma equipe reúne uma dupla de pilotos campeões mundiais. E mais: raramente na história da categoria esses campeões conquistaram os dois últimos títulos (Hamilton em 2008 e Button em 2009).

2010 realmente promete ser um ano de grandes parcerias. Além dessa provável dupla de peso na McLaren, a Ferrari terá na próxima temporada – essa já confirmada – a dupla formada pelo espanhol bicampeão mundial em 2005 e 2006, Fernando Alonso e o brasileiro vice-campeão mundial em 2008, Felipe Massa. Massa se recupera do grave acidente sofrido durante os treinos para o GP da Hungria, em julho de 2009. Segundo o time italiano, ambos terão condições de igualdade e poderão brigar pelo título. Mas será que até o final da temporada, continuarão se falando? É esperar pra ver...

Foto: Divulgação

Agora é a vez do vôlei masculino

A missão agora é dos homens brasileiros


Após a perda do título da Copa dos Campeões pelas mulheres brasileiras - o Brasil dependia de uma vitória do Japão sobre a Itália na última rodada, no entanto as japonesas perderam por 3 sets a 0 - agora é a vez dos homens buscarem um novo título para o vôlei nacional.

Contra uma renovada seleção de Cuba, os comandados do técnico Bernardinho passaram por dificuldades, mas venceram por 3 sets a 2, com parciais de 25/22, 24/26, 25/18, 23/25 e 15/10. O jogo foi disputado na madrugada de hoje. Agora na quinta-feira, às 2h30, o Brasil enfrenta o Irã. Na partida de abertura do torneio, os iranianos venceram o Egito pelo mesmo placar de 3 sets a 2.
Foto: Agências

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Kaio Márcio fatura segundo ouro na Copa do Mundo de Piscina Curta

Kaio Márcio de Almeida venceu nesta quarta-feira (11) a prova dos 100m borboleta, e conquistou mais uma medalha de ouro na Copa do Mundo de Piscina Curta, disputada em Estocolmo, na Suécia. Ele já havia conquistado o primeiro lugar e bateu o recorde mundial na prova dos 200m borboleta e também garantiu a medalha de bronze nos 50m do estilo.

Na grande final, o principal adversário não só de Kaio, mas de todos os outros competidores também, o americano Michael Phelps ficara de fora, terminando a eliminatória apenas na 11ª posição. Mas ainda assim, havia a presença do russo Evgeny Korotyshkin, atual recordista mundial da prova. No entanto, Kaio o superou por cinco centésimos (49s44 contra 49s49). O terceiro lugar ficou com o australiano Andrew Lauterstein, com o tempo de 49s54.

Kaio Márcio não foi o único brasileiro na final dos 100m borboleta. Além dele, disputaram a prova Frederico Castro (quinto lugar) e Fernando Silva, terminando na oitava posição.

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Adeus a um mito do vôlei internacional


Antonio Perdomo Estrella, um dos melhores treinadores de Vôlei da história de Cuba


Um mito do vôlei internacional, o ex-treinador da seleção de Cuba, Antonio Perdomo Estrella, faleceu nesta terça-feira, em Havana, vítima de uma parada cardíaca.

Perdomo esteve ligado à seleção feminina de seu país durante mais de 40 anos. Como auxiliar-técnico de Eugenio George, foi campeão mundial em 1978 e 1994. Já como treinador, conquistou a medalha de ouro nas Olimpíadas de Barcelona, em 1992 e Atlanta, quatro anos depois. Além disso, foi campeão mundial em 1998 e da Copa do Mundo no ano seguinte.

Perdomo, que atualmente trabalhava como assessor da federação cubana, preparava-se para viajar a Guatemala, onde realizaria uma palestra pela Federação Internacional de Voleibol (FIVB).

Brasil - A seleção feminina brasileira estreou com vitória na Copa dos Campeões, disputada em Tóquio, no Japão. Na madrugada desta terça-feira venceu a República Dominicana por 3 sets a 0 (parciais de 25/23, 25/16 e 25/17).

A maior dificuldade encontrada pelo time comandado por José Roberto Guimarães foi justamente no primeiro set, onde as dominicanas estiveram melhor, mas as brasileiras souberam superar esse obstáculo. De 40 partidas realizadas até agora em 2009, as meninas do Brasil perderam apenas uma, justamente para a República Dominicana, na metade do ano. Foram nada mais, nada menos do que 39 vitórias na temporada. Sem contar que são as atuais campeãs olímpicas. Mais uma prova de que respeito se conquista com muito esforço e dedicação.
Foto: Agência AFP

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Simon afastado pela CBF do Brasileirão 2009

Carlos Eugênio Simon foi afastado nesta segunda-feira pela CBF e não apita mais jogos do Brasileirão 2009. O motivo, segundo o site da Confederação Brasileira de Futebol foi "repetição de erros cometidos durante a competição". O estopim do barril de pólvora se deu na partida em que o Fluminense venceu o Palmeiras no Maracanã por 1 a 0, gol marcado por Fred.

Na ocasião, Simon erroneamente anulou um gol marcado por Obina, atacante palmeirense, ainda no primeiro tempo. O árbitro interpretou que houve falta cometida pelo atacante emprestado junto ao Flamengo. A decisão prejudicou e muito o time alviverde, pois um simples empate devolveria a liderança à equipe comandada por Muricy Ramalho. Com a derrota, está um ponto atrás do São Paulo, líder com 59 pontos. Em terceiro aparece o Flamengo, com 57, ultrapassando o Atlético-MG, que ficou nos 56 após ser derrotado pelo time rubronegro por 3 a 1 em pleno Mineirão.

Esse não foi o primeiro erro do árbitro gaúcho em 2009, tampouco será o último da carreira. Na final do Campeonato Cearense deste ano, curiosamente marcou um pênalti inexistente em um atleta do Ceará que havia tropeçado nos próprios pés. Mesmo assim, o Fortaleza conseguiu garantir o caneco. Em uma das partidas da Copa do Brasil, deixou de expulsar o atacante Fred, do Fluminense, em uma entrada criminosa em cima do zagueiro William, do Corinthians.

Erros de arbitragem sempre irão ocorrer, isso não tem como impedir. O que pode acontecer, é tentar diminuí-los. Punindo o árbitro que representou o Brasil nas duas últimas Copas do Mundo em 2002 e 2006, a CBF estará tentando usar de exemplo a outros juízes. Resta saber agora se depois dessa, Carlos Eugênio Simon - que, desculpe o trocadilho, mas de gênio não tem nada - continuará a ser o favorito para ir à Copa do Mundo de 2010. Caso for, seleções de várias partes do mundo ficarão no mínimo ressabiadas de terem o brasileiro apitando seus jogos. Um medo que poderia ser evitado...

Abaixo, o vídeo do lance polêmico da partida entre Fluminense x Palmeiras, na narração de Cléber Machado, da Rede Globo.

sábado, 7 de novembro de 2009

Vasco de volta à Primeirona

Símbolo do Vasco da Gama


O Vasco da Gama está de volta à Série A do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, em um Maracanã completamente lotado, derrotou o Juventude por 2 a 1 e garantiu - com quatro rodadas de antecedência - a tão sonhada vaga à elite do futebol nacional.


Com quase 82 mil expectadores (sendo 79.604 pagantes), o forte calor fez parte durante toda a partida. No primeiro tempo, o Vasco abriu o placar com Adriano. Após cruzamento da esquerda, a bola foi desviada no braço de Elton. O árbitro Nielson Nogueira Dias, de Pernambuco, mandou seguir. Foi então que a pelota sobrou para Adriano, que mesmo sem jeito no voleio, conseguiu encobrir o goleiro Juninho, mandando pra dentro das redes e fazendo 1 a 0.


No segundo tempo, o Juventude voltou melhor e empatou com Irineu, ex-Flamengo. Após cobrança de falta, o zagueiro subiu mais que a marcação e cabeceou sem chances para Fernando Prass. Mas, logo em seguida o time dirigido por Dorival Junior reagiu. O mesmo Adriano recebeu dentro da grande área, ia passando pelo goleiro Juninho, quando foi derrubado por ele. Pênalti e cartão vermelho para o goleiro gaúcho, por ser o último homem da defesa. Como o técnico Ivo Wortmann já havia feito as três substituições do jogo, o atacante Mendes foi improvisado no gol.


Não deu certo. Na cobrança, Carlos Alberto decretou a vitória por 2 a 1. Com 70 pontos, o Vasco não pode mais ser alcançado pelo quinto colocado, Figueirense. Assim como Palmeiras, Botafogo, Grêmio, Atlético-MG e Corinthians, o Vasco também tentará repetir o sucesso da série B, desta vez na série A. O rebaixamento fez bem para alguns times e só o tempo dirá se fará ao Vasco também. O maior problema, com nome Eurico Miranda, parece ter ido embora. Agora vem a era Roberto Dinamite. Motivos para ter esperanças, a torcida tem de sobra.

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Algo precisa ser feito no esporte iguaçuense

Foz do Iguaçu decepcionou nos Jogos Abertos do Paraná.


Apenas 23º posição, com uma medalha de prata (Futsal Masculino Divisão B) e duas medalhas de bronze. Nenhum primeiro lugar. Ficou atrás de Goioerê, Cambé, Matelândia e muitos outros.


Uma das piores participações de Foz em Jogos Abertos. Detalhe: esse ano é o primeiro sob o comando do secretário de esportes Márcio Ferreira.


Algo precisa ser mudado, não há dúvidas. E a mudança precisa vir das bases. Pois se engana quem pensa que Foz do Iguaçu foi melhor nos Jogos da Juventude. Apenas duas medalhas de prata, no Futsal e no Xadrez.


Concordo que a cidade possa ter outras prioridades, mas não pode deixar o esporte de lado. Ele é fundamental na vida das pessoas, para uma saúde melhor e inclusão social, por exemplo. Além dos ensinamentos que ele proporciona.


Ao invés de se preocuparem tanto com a possibilidade da cidade ser sub-sede da Copa do Mundo de 2014, deveriam olhar melhor para o desempenho esportivo de nossos atletas, e analisar o que precisa ser feito. Essa conversa de que o importante é participar, funciona nas escolas, agora, quando estão representando o município em um evento estadual, a situação muda de figura, pois se for pra trazerem resultados como esses, teria sido melhor nem terem participado...

Empate bom para o São Paulo

O jogo desta quarta à noite valia muito mais ao São Paulo, do que ao Grêmio. O empate em 1 a 1 não pode ser considerado um mau negócio ao tricolor paulista, tendo em vista que o outro tricolor, o do Rio Grande do Sul, não perde em seus domínios desde setembro de 2008.


Quando Rafael Marques abriu o placar de cabeça, a invencibilidade começava a ser mantida. O São Paulo não se intimidou e empatou com Dagoberto. Houve reclamação por parte dos gremistas em relação à arbitragem. Segundo eles, tiveram dois pênaltis não marcados: contra Maxi López no primeiro tempo e contra o Tcheco no segundo.


Em compensação, o juiz Jailson Macedo Freitas, da Bahia, expulsou três atletas sãopaulinos, o terceiro quando restava pouco mais de um minuto para terminar a partida. Primeiro foi Borges, que acabara de entrar. Logo em seguida Dagoberto se descontrolou e deu um carrinho desnecessário em Túlio. E o último expulso foi Jean, por já ter cartão amarelo.


O Grêmio começa a pensar em 2010, o São Paulo torcerá para o Fluminense contra o Palmeiras e talvez um empate entre Atlético-MG e Flamengo no Mineirão. O atual tricampeão brasileiro lidera com 58 pontos, um a mais que o Alviverde. Esse é o Campeonato Brasileiro, disputado ponto a ponto.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

As malas do futebol




As maiores polêmicas do futebol são as bonificações concedidas por alguns times a outros, para se conseguir o resultado desejado. Tais práticas podem ser divididas de duas formas: mala branca, quando um time recebe um incentivo a mais para vencer seu adversário; e a mala preta, quando é oferecido dinheiro para uma equipe perder, atendendo interesses de terceiros.

Se analisarmos friamente, os dois métodos são completamente errados e não condiz com o espírito do futebol. No entanto, das duas fórmulas, acredito que a que mais fere o orgulho de um time, certamente é a mala preta, quando se oferece para o clube deixar o jogo de lado e fazer "corpo-mole", entregando o resultado da partida.

Os costumes normais exigem que o time entre em campo sempre motivado pela vitória. Mas coloque-se no lugar de jogadores que ficam meses com o salário atrasado, onde o mês tem 60, 90 dias e não há nenhuma expectativa de crescimento dentro do campeonato. Neste caso, a mala branca, o incentivo a mais para se ganhar um jogo vem a calhar. Dificilmente uma equipe nega grana pra ganhar. O que preocupa, é que se aceita pra ganhar, pode aceitar para perder também.

O ideal seria que os times não oferecessem esse artifício aos outros. Daí a aceitar ou não, já é outra história.

Foi confirmado que o Barueri recebeu um dinheiro extra para ganhar a partida contra o Flamengo (e ganhou, por 2 a 0, gols marcados por Val Baiano e Thiago Humberto). O benefício foi confirmado pelo goleiro René à Rádio Eldorado ESPN "Só estamos esperando o pagamento. É o fim do ano, queremos engordar nossa conta", afirmou o jogador. Ele só não revelou o nome do clube que ofereceu esse dinheiro, mas segundo ele, foi de quem está na briga direta por uma vaga à Libertadores da América e até mesmo pelo título do campeonato.

Mas se René se recusou a dizer o nome do santo, Val Baiano não teve ressentimentos: "O Cruzeiro nos deu essa gratificação, mas independente desse dinheiro, a gente sempre entra pra ganhar", revelou o atleta. Tudo bem, eles podem até entrar pra ganhar, mas que o estímulo ajudou, isso não tem como negar. Com a vitória do Barueri, associada à vitória do Cruzeiro por 3 a 2 sobre o Santo André no Mineirão, o time celeste subiu para a quinta posição, com os mesmos 51 pontos do Rubronegro, e a um do G-4.

Dificilmente haverá punição à Raposa, até porque, duvido que terão como provar que ofereceram mesmo esse valor. Mas uma coisa é certa, no futebol não há inocentes,e essa prática continuará existindo por muitos anos. Quando se trata de clubes com pouca ou sem nenhuma tradição, as chances disso ocorrer duplicam...

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Vai começar a temporada 2009/10 da NBA



A temporada 2009/10 da NBA começa nesta terça-feira e novamente o time a ser batido é o atual campeão, Los Angeles Lakers. O time comandado por Phil Jackson manteve a base vitoriosa da última temporada e ainda trouxe um reforço de peso e um tanto polêmico: Ron Artest. Artest é famoso no cenário do basquetebol norte-americano pelas brigas que acaba se envolvendo com os próprios companheiros, mesmo assim, não há como negar que o time amarelo e roxo está mais forte tecnicamente.


Aliás, a Conferência Oeste novamente se mostra uma das mais fortes nesta temporada. Além do Lakers temos o San Antonio Spurs, Denver Nuggets (de Nenê Hilário) e o Dallas Maverick. Do outro lado do país, há o Phoenix Suns, do brasileiro Leandrinho, além do Cleveland (de outro brasileiro, Anderson Varejão) e o Boston Celtics.


Para quem estava com saudade dos bons jogos noturnos, aqui vai algumas dicas, nos horários de Brasília, para você tentar sintonizar. Novamente o canal pago ESPN deverá transmitir a maioria do campeonato. Hoje às 20h30 tem Dallas x Washington; 21h30 Boston x Cleveland; 0h de terça pra quarta jogam Houston x Portland e 0h30 tem o clássico californiano entre Lakers x Clippers.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Título merecido por Jenson Button


Jenson Button comemora o título mundial; sonho de criança


Eram remotas as chances de Rubens Barrichello levar a decisão do título mundial de Fórmula 1 para a última etapa, nos Emirados Árabes. Mas elas existiam. E o torcedor brasileiro tinha motivos de acreditar. Ainda mais depois da classificação de sábado, com Rubinho largando na pole e seu companheiro e líder do campeonato, Jenson Button, apenas em 14°.
Mas se a chuva foi de grande ajuda na véspera da corrida para o piloto mais experiente na categoria; a ausência dela pode ter sido fator crucial para o mau desempenho. O que não transforma em justificativa para a oitava posição no GP Brasil.

Permanece o tabu do azar de Barrichello quando corre em casa.
Dominando amplamente a prova, Mark Webber, da RBR, garantiu sua segunda vitória em 2009. Robert Kubica foi o segundo e Lewis Hamilton, campeão em 2008, o terceiro. Guiando de forma ofensiva, Jenson Button conquistou uma excelente quinta posição, mais do que suficiente para ficar com o título, com uma corrida de antecedência.

Obrigado a fazer uma parada a mais, devido a um pneu furado, Barrichello - lógico - ficou frustrado com o resultado que obteve. Mas na soma dos fatores, o ano de 2009 pode ser considerado vitorioso. Analisando o fato de que estava desempregado às vésperas da temporada, e chegar em uma equipe brigando pelo título mundial, é um saldo positivo. Agora terá a equipe da Brawn GP, que já conquistara o Mundial de Construtores, totalmente ao seu lado, na luta pela segunda posição no campeonato, hoje pertencente ao alemão Sebastian Vettel, da RBR, com 74 pontos, contra 72 do brasileiro.


Já pensando em 2010, poderemos ter quatro brasileiros na F1. Barrichello deverá pilotar uma Williams. Felipe Massa, ao lado de Fernando Alonso, formará na Ferrari uma dupla que poderá lembrar os velhos tempos de Senna e Prost na McLaren - tanto nos resultados, quanto nas intrigas. Bruno Senna, sobrinho do tricampeão mundial, e Lucas Di Grassi, piloto de testes da Renault, são outros que poderão pintar em novas equipes na próxima temporada. A única certeza: será um dos campeonatos mais longo dos 60 anos da história da F1. Bom pra quem ama tanto esse esporte.
Foto: Agência EFE

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Copa do Mundo criando formato




Mais uma vez a Argentina mostrou sua verdadeira raça castelhana. Em menos de uma semana, participou de dois jogos épicos, dignos de verdadeiras batalhas hollywoodianas. No sábado (10), com um estádio Monumental de Nuñez completamente lotado, em Buenos Aires e debaixo de muita chuva, os comandados de Maradona derrotaram o Peru por 2 a 1, com o gol da vitória sendo marcado por Palermo no último minuto de partida.


Quatro dias depois, a seleção de nuestros hermanos viajou até Montevidéu, no Uruguai, encarar outro grande desafio nestas eliminatórias Sul-Americanas. Dependendo apenas de si para ir à Copa, a Argentina teve cautela, soube se defender, e atacou no momento certo.


Aos 39 minutos do segundo tempo, bate rebate dentro da grande área. A bola sobra para Bolatti, e este marca seu primeiro e único gol nas eliminatórias Sul-Americanas. Certamente o gol mais importante de sua vida. O tento da classificação ao Mundial de futebol, mantendo uma tradição argentina que já dura desde 1970.


O Uruguai agora enfrentará na repescagem a seleção da Costa Rica, comandada pelo brasileiro René Simões. Na partida decisiva contra os já classificados Estados Unidos, René fora expulso, e seu time, que chegou a estar vencendo por 2 a 0, cedeu o empate aos 49 do segundo tempo, deixando escapar a vaga direta à Copa, caindo nas mãos de Honduras, onde hoje foi decretado feriado nacional pela classificação.


Seleção brasileira - O Brasil encerrou sua participação nas eliminatórias com um melancólico empate sem gols contra a Venezuela, no estádio Morenão, em Campo Grande (MS). O resultado garantiu a primeira posição e o simbólico bicampeonato das eliminatórias. Isso porque o Paraguai perdeu em casa para a Colômbia por 2 a 0, parando nos 33 pontos. Perdeu a segunda posição para o Chile, que vencera o Equador por 1 a 0.


Europa - Portugal conseguiu uma sofrida vaga na repescagem das eliminatórias europeias. Derrotou Malta por 4 a 0 e terá agora uma segunda chance de ir à Copa. Os jogos de repescagem acontecem nos dias 14 e 18 de novembro, no formato de ida e volta. Os sorteios dos cofrontos dos oito melhores segundo colocados na Europa será realizado na sede da FIFA, em Zurique, na Suíça, na próxima segunda-feira (19). Caso continue assim, poderemos ter uma Copa do Mundo sem estreantes, fato inédito nos últimos anos. Conheça agora os países já classificados à Copa do Mundo na África do Sul:


Ásia: Coreia do Norte, Coreia do Sul, Japão e Austrália (em 2005 a FIFA incorporou a Austrália na Federação Asiática de Futebol).


Repescagem: O Bahrein disputa vaga com a Nova Zelândia. No primeiro jogo, empate em 0 a 0. O segundo jogo será em 14 de novembro.


África: África do Sul, Costa do Marfim e Gana. Ainda restam três vagas no continente.


Europa: Inglaterra, Holanda, Espanha, Dinamarca, Eslováquia, Suíça, Sérvia, Itália e Alemanha.


Repescagem: Grécia, França, Portugal e Rússia; Ucrânia, Bósnia, Eslovênia e Irlanda.


América do Norte e Central: EUA, México e Honduras.


Repescagem: Costa Rica enfrenta o Uruguai.


América do Sul: Brasil, Chile, Paraguai e Argentina.

Mundial de Ginástica Artística: decepção para alguns, esperança para outros

Diego Hypolito, esperança de medalha não chegou à final


Faltou uma posição para o brasileiro Diego Hypolito chegar à decisão do solo no Mundial de Ginástica Artística, em Londres - Inglaterra. Com 15.400 pontos ficou na nona posição. Apenas oito garantem vaga na final. Hypolito se recupera de uma artroscopia no ombro esquerdo, realizada pouco depois das Olimpíadas de Pequim 2008. Ainda não está na melhor forma física. Errou dois saltos, deixando escapar a chance de lutar pelo tricampeonato. O principal motivo para o erro, segundo o próprio Hypolito, chama-se insegurança.

"Estou inseguro por causa do ombro. No treinamento de domingo (11), meu ombro chegou a sair um pouco do lugar. Fiz tudo o que podia. Vim de uma cirurgia, tem apenas um mês que voltei a treinar, acho que podia ser finalista, ou até medalhista", relatou o brasileiro bicampeão mundial.

Se a experiência não contou pontos no palco das próximas Olimpíadas, em 2012, a geração Rio 2016 surpreendeu. Sérgio Sazaki e Arthur Zanetti, de 17 e 19 anos respectivamente, queriam apenas adquirirem conhecimento em competições internacionais. Conseguiram mais do que isso.

Sazaki conseguiu a última vaga à final do individual geral, com a 24ª posição. Zanetti também fez bonito, terminando em oitavo lugar nas argolas com 15.250, e agora decidirá o título entre os melhores.

Mas nem tudo foi alegria para o Brasil. Além da eliminação de Diego, Vitor Rosa, que treina diariamente com o atleta do Flamengo, fez apenas 14.950 pontos e ficou em 16º lugar. As finais ocorrem nessa quinta-feira, na capital inglesa.
Foto: Agências

terça-feira, 13 de outubro de 2009

Futebol pra ninguém botar defeito




Ainda no sábado (10) pensei em escrever um artigo aqui no Blog sobre a rodada do Brasileirão mais uma vez ser palmeirense. Pelos tropeços de São Paulo e Internacional diante do Flamengo e Atlético-PR, respectivamente, o alviverde poderia abrir oito pontos de vantagem para o segundo colocado. Não o fiz, querendo esperar o término da rodada, na tarde desta segunda-feira (12). Mas ainda assim, o time comandado por Muricy Ramalho possui uma vantagem considerável (54 a 49).

Desesperado para escapar da zona do rebaixamento, o Náutico derrotou o líder do campeonato por 3 a 0. O Atlético Mineiro até poderia assumir a vice-liderança, mas caiu diante do Cruzeiro por 1 a 0 na última partida antes da reforma do Mineirão para a Copa 2014. O Goiás foi outro que vacilou e apenas empatou em casa com o Sport, um dos lanternas. Com isso, as posições na parte de cima da classificação não se alteraram. Palmeiras lidera com 54, São Paulo tem 49, Internacional 48, Galo 47, Goiás 46 e agora o Flamengo ressurge na briga pelo G-4 com 45 pontos. Na parte de baixo, os rebaixados hoje seriam Santo André, Náutico, Sport e Fluminense.

Eliminatórias - O sabadão foi típico para quem adora assistir futebol na TV. Com as partidas das eliminatórias à Copa, tanto na Europa quanto na América do Sul, muitos jogos transmitidos ao vivo. Complicado até de escolher o que assistir, tendo Brasileirão no meio do caminho. Optei por ver um pouco de cada um. Gostei da vitória de Portugal sobre a Hungria por 3 a 0. Passei a gostar dessa seleção ainda nos tempos de Scolari no comando e hoje torço para que vá à Copa. Assumiu a segunda posição do grupo 1 e briga pela repescagem. Dinamarca, do mesmo grupo, garantiu a vaga.

Assim como Alemanha, Itália, Sérvia, Costa do Marfim, EUA, México e Chile também garantiram a vaga neste final de semana. A Argentina foi um caso à parte. Que jogo dramático! Acompanhei a partida contra o Peru por um canal argentino, o que aumenta ainda mais a dramaticidade. Vitória típicamente na raça argentina, 2 x 1 aos 47 do segundo tempo. "Basta" agora vencer o Uruguai em Montevidéu, para garantir a vaga sem depender de outros resultados. Será uma verdadeira batalha, mas acredito na classificação do time de Maradona, mas não em sua permanência, pois o próprio não deu garantias de ficar para o Mundial da África do Sul.

Enfim, o final de semana foi futebolístico e o próximo tende a ser de velocidade. No domingo teremos o GP Brasil de F1, podendo decidir o campeonato. Logo escreverei sobre isso aqui e também sobre a saída de Barrichello para a Williams em 2010. Aguardem!

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Foz Adeafi tenta a classificação contra o Cascavel




A diretoria solicitou, a Federação Paranaense de Futebol de Salão atendeu. Devido à participação de Foz do Iguaçu nos Jogos Abertos do Paraná, a partida de volta das quartas-de-final entre Foz Adeafi x Cascavel Futsal foi antecipada de sábado para a sexta. Portanto, hoje sai o primeiro semifinalista da Chave Ouro. Ou não.

Como o primeiro jogo terminou empatado em 2x2 em Foz do Iguaçu, só haverá classificado na noite de hoje, a partir das 20h30, caso uma equipe conquiste a vitória. Havendo outro empate, uma terceira partida seria realizada novamente em Cascavel, desta vez com a vantagem do resultado igual sendo da equipe dona da casa, pela campanha obtida na primeira fase.

Para esse confronto que definirá o futuro do time comandado por Sérgio Lacerda, o ídolo da torcida e artilheiro do Foz Adeafi com 18 gols, Anderson, não poderá atuar. Recebeu o terceiro cartão amarelo no primeiro duelo contra o time cascavelense.

Elenco a equipe da tríplice fronteira já mostrou ter para vencer em Cascavel. Desta vez, acredito ser até superior aquele time que venceu os cascavelenses na estreia do campeonato por 6 a 4, em 2008, com direito à queda de luz durante o jogo, ônibus quebrado no caminho, enfim, vários fatores negativos, que de alguma maneira, influenciaram na atitude da equipe.

Em nota - O Foz Adeafi perdeu o jogo de volta para o Cascavel por 3 a 0 fora de casa no dia 09/10 e deu adeus à Chave Ouro do Futsal Paranaense. Uma semana depois o Foz Adeafi conquistou a fase regional dos Jogos Abertos do Paraná, ao bater na final Nova Santa Rosa, por 3 a 0, em Assis Chateubriand.

Sul-Americano - Enquanto acontece a decisão à uma vaga na semifinal, aqui perto de Foz do Iguaçu, em Puerto Iguazú, Argentina, às 21h será realizada a final do Regional Sul da Copa Libertadores FIFA, de Futsal. E a decisão é totalmente brasileira. Cortiana, de Farroupilha/RS e Malwee, de Jaraguá do Sul/SC e sem Falcão, duelam pelo título. A equipe catarinense tentará o sexto título consecutivo. Nas semifinais, Cortiana e Malwee derrotaram San Afonso -PARe Pablo Rojas-PAR por 9 a 2 e 4 a 0 respectivamente. Ambos estão com 100% de aproveitamento. Expectativa de excelente jogo também!

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Foz Adeafi precisa de mais ousadia

Devido a um final de semana bastante corrido e cansativo, não tive muito tempo de atualizar o Blog. No entanto, cá estou para repassar os acontecimentos. O principal deles foi o empate desastroso do Foz do Iguaçu Adeafi junto ao Cascavel, no sábado (4), em pleno ginásio do Costa Cavalcanti completamente lotado na primeira partida válida pela semifinal do Campeonato Paranaense de Futsal, Chave Ouro.


A equipe do técnico Sérgio Lacerda vencia por 2 a 0 (gols de Anderson e Magrão), porém, de forma equivocada, começou a administrar o placar. Ou seja, ressucitaram o Cascavel, o qual jamais esteve morto.


A equipe cascavelense veio pra cima e diminuiu o marcador com Kumano, após troca de passes envolvendo a zaga iguaçuense. Empatou logo em seguida com Ricardinho. Silêncio total no Costa Cavalcanti, no momento em que o time mais precisava de apoio. Acontece que essa não é a primeira vez que o Foz Adeafi sai na frente e não consegue segurar o resultado. Contra o São Miguel, na segunda fase, também foi assim. E lá ainda foi pior: perdera de 4 a 3 após estar vencendo por 3 a 1. Quase ficou de fora dos playoffs.


Não é impossível vencer o Cascavel fora de casa, esse time da Adeafi já provou ser possível. Em 2008, logo na abertura do torneio, depois de toda a dramaticidade de ônibus quebrado no caminho, chegarem em cima da hora do jogo, ainda assim, aquela valente equipe de Joel de Locco, conseguiu uma excelente vitória por 6 a 4.


Talvez é isso que esteja faltando ao Foz Adeafi: valentia. Convenhamos, em relação ao elenco do ano passado, o atual é bem mais caro e alguns anos mais experientes, mas futsal é preparo físico, é pique, é correr atrás da bola o tempo todo. Não se pode dar ao luxo de colocar ao mesmo tempo dentro da quadra cinco jogadores com mais de trinta anos. É preciso haver uma mescla com a juventude. Isso é uma opinião particular minha.


Com um elenco bem mais modesto - tanto no papel, quanto na prática- o experiente treinador e pra mim, um dos melhores do estado, Joel de Locco, conseguiu tirar "leite de pedra" e levar o time até às semifinais do torneio, sendo eliminado pelo Umuarama após três empates. A situação se repete de forma favorável desta vez ao Cascavel. Caso o segundo jogo termine empatado, haverá uma terceira partida, novamente em Cascavel, e com o time da casa jogando pelo empate. Quem vencer esse segundo confronto (e também o terceiro, se houver) obviamente também estará classificado. Anderson não poderá atuar na segunda partida (na sexta, 9 de outubro) pelo Foz Adeafi, pois cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo, recebido devido à uma reclamação.


É a hora da verdade para o Foz Adeafi mostrar sua verdadeira identidade!

sexta-feira, 2 de outubro de 2009

Rio 2016, aspectos positivos e negativos




Fui contra à escolha do Rio de Janeiro como sede das Olimpíadas de 2016. Assim como também fui contra à escolha do Brasil em sediar a Copa do Mundo de 2014. Pelo simples fato de que acredito - e continuarei acreditando pelos próximos anos - que o país tem problemas muito maiores e não menos importantes para serem solucionados.


Passado esse meu momento de desabafo, não serei agora desses pessimistas, que com certeza ficarão dizendo "Tá vendo? Não disse que um evento desses não daria certo!?", pelo contrário. Passo a procurar por uma luz de esperança no fim do túnel. Ok, essa frase de "luz no fim do túnel" é muito manjada, eu sei, porém serve para ilustar o quão dividido estou nessa opinião sobre o Brasil sediar ou não tais eventos esportivos.


A primeira pergunta que me vem na cabeça, é de onde o país tirará dinheiro para investir em infraestrutura necessária? Sempre se consegue, é verdade, mas terá condições de pagar honestamente? Iniciativas privadas e, principalmente, públicas, aparecerão aos montes. Para terem uma ideia, Montreal levou trinta anos para quitar as dívidas das Olimpíadas de 1976. A questão é, quanto tempo levaremos?


Não quero aqui entrar no mérito político, apenas desejo que esses dois eventos - tanto a Copa 2014, quanto as Olimpíadas 2016 - deixem um legado para as futuras gerações. Uma consciência esportiva, que a partir de agora, comecem a investir mais no esporte. E claro, sem deixar de dar prioridade às questões importantes como saúde, educação, empregos, e por aí vai. Ideologia parecida com a do meu colega blogueiro Breiller Pires.


Já não é mais surpresa pra ninguém que o Brasil vive um de seus melhores momentos no Governo Lula. Também é fato que a imagem de nosso país estará mais exposta do que nunca. Inúmeros serviços serão abertos, dando vagas a milhares de pessoas.


Não posso deixar de citar também, uma pontinha de felicidade (eu disse que estava dividido nessa opinião). Pois devo me formar em jornalismo no final de 2010, e minha opção, não tenho mais dúvidas, será pela área esportiva. E com grande orgulho e satisfação poderei trabalhar na cobertura dos dois maiores eventos esportivos do planeta, sem precisar sair de "casa". O que acontecerá depois de 2016, ainda é incerto. Mas podemos prever, e dependendo do ponto de vista, poderá ser benéfico ou não.

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Fernando Alonso na Ferrari. O que acha disso?




A Ferrari deverá anunciar o espanhol Fernando Alonso dias antes do GP do Japão, antepenúltima etapa da temporada 2009 da Fórmula 1. A informação é da rádio espanhola Cadena SER. Especula-se que o piloto bicampeão mundial em 2005 e 2006 com a Renault, sua atual equipe, ganhará algo em torno de 25 milhões de euros para correr no carro vermelho na próxima temporada. Ainda assim, é um salário inferior ao que ganha atualmente o finlandês e ferrarista Kimi Raikkonen (30 milhões de euros).


É justamente devido à provável saída de Raikkonen para sua antiga equipe, a McLaren, ao lado de Lewis Hamilton, que a Ferrari deverá anunciar essa dupla de peso para o próximo campeonato: Felipe Massa e Fernando Alonso. Recuperando-se de um acidente sofrido durante o treino classificatório para o GP da Hungria – uma mola se soltou do carro de Rubens Barrichello e acertou a viseira do capacete de Massa, ferindo o olho esquerdo – o brasileiro deu algumas voltas de kart em uma pista no interior de São Paulo. Há a expectativa de que ele volte na última corrida deste ano, o GP de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, no dia 1º de novembro. Mas para isso acontecer, é preciso ter o aval dos médicos da FIA, os quais realizam procedimentos muito rigorosos. Fato é que se for concretizada essa dupla, a Ferrari poderá reviver casos históricos da F1, como foram as duplas Prost x Senna, ou Piquet x Mansell.

Companheiros de equipe, rivais “ferozes” dentro das pistas. Massa e Alonso já trocaram algumas farpas em público, mas foram situações de corrida. Será no mínimo interessante ver esse duelo em igualdade de condições.
Foto: Getty Images

domingo, 27 de setembro de 2009

Foz Adeafi está nos playoffs da Chave Ouro

Apesar do Campo Mourão já estar desclassificado da Chave Ouro do Campeonato Paranaense de Futsal, não deu moleza para o seu adversário, o Foz do Iguaçu Adeafi na noite deste sábado (26), em Peabiru. A partida válida pela última rodada da segunda fase foi bastante movimentada, e o time iguaçuense conseguiu garantir a vitória apenas no fim, ao marcar com Magrão e fechar o placar em 4 a 3.


O resultado classificou o time comandado pelo técnico Sérgio Lacerda na terceira posição, com 13 pontos. Agora, o representante da Terra das Cataratas pegará nos playoffs da competição, um rival tradicional nas questões econômicas, em se tratando de cidades do Paraná: o Cascavel.


A partir de agora serão jogos eliminatórios, de ida e volta. O Foz Adeafi precisa vencer uma (de preferência em casa, na quarta, 30, na primeira partida da série) e tentar empatar a outra. Caso cada equipe vença uma partida, haverá um terceiro jogo, com o mando do Cascavel e com os donos da casa jogando pelo empate. Se houver dois empates, novamente uma terceira partida será disputada em Cascavel, com o time da casa também disputando o empate para se classificar.
A questão vale para as outras partidas e os times de melhores campanhas na primeira fase do torneio. De 16 equipes, oito permanecem, disputando o título de melhor equipe do estado.


Resultados da última rodada da 2ª fase
Grupo A
Copagril Marechal 3 x 2 Cascavel
Colégio Londrinense 2 x 1 Rio Branco Paranaguá
Paraná Clube 2 x 0 Imperium Guarapuava

Grupo B
Umuarama1 x 4 São Miguel (jogo disputado na segunda, 21/09)
Ciagym Maringá 8 x 3 Francisco Beltrão
Campo Mourão 3 x 4 Foz Adeafi

Primeiros jogos dos Playoffs
(1º/10) 20h30 Ciagym Maringá x Copagril Marechal
(02/10) 20h30 Imperium Guarapuava x Umuarama
(03/10) 20h30 Colégio Londrinense x São Miguel
(03/10) 20h30Foz Adeafi x Cascavel

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Coincidências acontecem

Desta vez a batida foi acidental

Para aqueles que não acreditam em coincidências, a foto acima mostra uma cena clara de que elas realmente existem. Tudo bem, pode ter sido uma infeliz coincidência, mas aconteceu.

Exatamente um ano depois do polêmico GP de Cingapura, na mesma curva 17, no mesmo ponto onde Nelsinho Piquet admitiu que batera de propósito, para favorecer o companheiro de equipe, Fernando Alonso, o francês Romain Grosjean, substituto do próprio piloto brasileiro na Renault, também bateu.

Assim como ocorreu com o filho do tricampeão, Nelson Piquet, o treino precisou ser paralisado para a retirada do carro, parado na área de difícil acesso do carro de segurança.

Passado o momento comédia do treino livre, Rubens Barrichello foi o mais rápido, com o tempo de 1min50s179, com seu companheiro de equipe, Jenson Button, em segundo, 177 milésimos atrás.

Foto: Agência Reuters


Mundial Sub-20 e seleção principal

Vai começar a Copa do Mundo de futebol. Não, não se trata dos jogadores com idade livre, mas sim, das categorias sub-20. Serão 24 seleções, divididas em seis grupos com quatro cada, disputando o título no Egito.


O Brasil está no grupo E, ao lado de Austrália, Costa Rica e República Tcheca. A estreia será domingo (27), às 11h, horário de Brasília, contra os costarriquenhos.


Os principais adversários dos garotos brasileiros, serão a Espanha e a Alemanha. A Argentina, hexacampeão e vencedora nas duas últimas edições do torneio, está de fora desta vez. Uma chance a mais para o Brasil tentar conquistar o pentacampeonato também no sub-20.

Os outros grupos são:
Grupo A: Egito, Itália, Paraguai e Trinidad e Tobago
Grupo B: Espanha, Nigéria, Taiti e Venezuela
Grupo C: Alemanha, Camarões, Coreia do Sul e Estados Unidos
Grupo D: Gana, Inglaterra, Uruguai e Uzbequistão
Grupo F: África do Sul, Emirados Árabes, Honduras e Hungria.


Seleção principal -
Mudando o foco para a seleção principal de futebol, o técnico Dunga convocou na tarde de ontem, os jogadores para as partidas contra a Bolívia (10/10) e Venezuela (14/10), os dois últimos compromissos pelas Eliminatórias Sulamericanas.
Como o Brasil já está classificado para a Copa do Mundo da África do Sul em 2010, esses dois últimos jogos servirão como teste para o treinador gaúcho avaliar possíveis atletas que farão parte do grupo de 23 que estarão no continente africano no ano que vem. E os convocados foram:

Goleiros:
Julio César (Inter de Milão-ITA) e Victor (Grêmio)
Laterais: Maicon (Inter de Milão), Daniel Alves (Barcelona-ESP), André Santos (Fenerbahçe-TUR) e Filipe Luis (Deportivo La Coruña-ESP)
Zagueiros: Lúcio (Inter de Milão), Luisão (Benfica-POR), Juan (Roma-ITA), Miranda (São Paulo) e Naldo (Werder Bremen-ALE)
Meio-campistas: Gilberto Silva (Panathinaikos-GRE), Josué (Wolfsburg-ALE), Lucas (Liverpool-ING), Kaká (Real Madrid-ESP), Ramires (Benfica), Elano (Galatasaray-TUR), Sandro (Internacional), Alex (Spartak Moscou-RUS) e Diego Souza (Palmeiras)
Atacantes: Nilmar (Villarreal-ESP), Adriano (Flamengo), Luis Fabiano (Sevilla-ESP) e Diego Tardelli (Atlético-MG)

Experiência x Juventude

Brasil 121, República Dominicana 62. Mais uma vitória convincente da seleção brasileira feminina de basquete na Copa América? Não é bem assim. Apesar do elástico placar obtido na segunda atuação no torneio que dá três vagas ao Mundial de 2010, algumas falhas na defesa foram apresentadas. No entanto, as próprias jogadoras reconheceram essas falhas. Sinal de que as moças estão no caminho certo, afinal, reconhecer os próprios erros é o primeiro passo para a conquista.


As adversárias da noite de ontem eram muito, mas muito jovem. Frabel Feliz, de apenas 15 anos, chegou a estar em quadra. Já tem um bom currículo. Poderá dizer no futuro que participou de uma partida contra o Brasil, válido pela Copa América de Basquete. Mas quanto ao resultado, as brasileiras, bem mais experientes, não se intimidaram, e fizeram o que tinha que ser feito. Venceram e ainda garantiram antecipadamente uma vaga às semifinais do torneio.


O Brasil volta à quadra na noite desta sexta-feira, às 20h30, contra o primeiro desafio do grupo A, o Canadá, no ginásio Aecim Tocantis, em Cuiabá (MT) onde está sendo disputada a Copa América de Basquete.